Buzinaço em Confresa contra o decreto do fechamento das empresas foi cancelado.

Buzinaço em Confresa contra o decreto do fechamento das empresas foi cancelado.

Na manhã do dia 12 de junho de 2020 estava programado uma carreata na cidade de Confresa onde alguns comerciantes locais iria fazer a especie de um buzinaço pela cidade, uma forma de reivindicar seus direitos na reabertura de seus comércios.

Porém uma falta de comunicação entre os organizadores e a Policia Militar, impediu para que tal ato viesse a acontecer.

Como explicou o Comandante da PM em Confresa, Tenente Coronel Escolástico. “Todo ato de manifestação é democrático e válido, desde que seja feito de uma forma organizada. A Polícia Militar não foi informada sobre a carreta e por falta de comunicação o evento foi vetado” esclareceu o Militar.

O Ten. Coronel Escolástico ainda explicou que os organizadores do movimentado deveriam ter comunicado a PM antes e solicitado o apoio de policiais para realizarem o protesto com segurança.

O que fica claro sobre o buzinaço e a revolta dos comerciantes com o gestor da cidade, pelo fato de esta agindo de forma grosseira, coibindo assim o comércio local de funcionar.

A classe dos comerciantes empresários de Confresa realizararia a partir das 9h um buzinaço no município para defender a reabertura do comércio na cidade.

O convite foi feito pelos empresários e no folder informativo, eles pedem para que a população faça parte do “grito de socorro dos comerciantes”.

O buzinaço sairia das proximidades das Expofresa e iria passar pelas principais vias da cidade.

O ato é em repúdio ao lockdown que foi estabelecido pela prefeitura no dia 5 de junho e seguirá até o dia 20, no qual os comércios considerados como “não essenciais” devem permanecer fechados.

D TARTAS