LOCKDOWN e sugerido em Barra do Garças. Mais e o dinheiro que era para ser usado no tratamento do Covid-19. Foi parar onde?

LOCKDOWN e sugerido em Barra do Garças. Mais e o dinheiro que era para ser usado no tratamento do Covid-19. Foi parar onde?

Barra do Garças, passa por um momento onde mais uma vez, querem sacrificar os empresários e trabalhadores desta cidade. Com dinheiro vindo para o município e sem a fiscalização correta desses gastos.

Por: Wesley Robson / www.aconteceaqui.net

Mais podemos dizer que as enquanto os números do Covid19 só aumenta o dinheiro sem investir na saúde só desaparece.

Quais foram as melhorias feitas até agora?

Porque ainda não montou um hospital de campanha em nenhum dos dois ginásio de esporte de Barra do Garças, já que dinheiro para isso tem.

Porque a propaganda de que existia um kit de medicamentos para o tratamento existe, porém o kit desapareceu.

Perguntas que não se tem respostas. Vereadores que seriam os fiscais do povo, parece que caíram em sono profundo novamente. Só que desta vez, posição e oposição sumiram.

Exames o famoso teste rápido que só está servindo para aumentar o número na estatística e os valores no cofre da prefeitura.

Vamos parar com essa hipocrisia de achar que o vírus só contamina no horário comercial, reduzir horário de funcionamento e o mesmo que aumentar as aglomerações no comércio.

Hoje o comércio de Barra do Garças e o lugar mais seguro que existe, porque estão todos tomando e obedecendo as normas de segurança. Logico que grandes redes de supermercados precisam serem mais fiscalizados. Hora os mesmos estão lucrando com poucos caixas atendendo o que provoca a aglomeração principalmente das 17h as 20h.

Vejamos os números do Boletim do Covid-19 publicado no dia de ontem, 14 de Julho de 2020.

São um total de 405 casos até o momento, porém o que ninguém quer divulgar mais, e que destes 405 casos, 194 já estão recuperados, e 38 óbitos.

Desta forma temos hoje em números reais 173 casos, 150 em monitoramento domiciliar e 23 internados, destes internados em Barra do Garças, seja no Hospital público ou Particular 15 são moradores de outros municípios. Para uma população de quase 80.000 habitantes.

Temos que nós previnir, temos que nós cuidar, sim, claro que temos. Porém fechar o comércio ou parte dele, e o mesmo que mandar a população para as praias entre outros locais. O povo quer vê e melhorar o atendimento, ser eficaz, e não deixar acontecer como o vídeo de ontem que circulou por toda a cidade, mostrando o péssimo atendimento na Upa de Barra do Garças.

Um morador chegar lá as 7h da manhã passando mal e ser atendido ao meio dia. Sem lugar pra sentar. Se não esta tendo aula, até uma escola poderia servir de posto de atendimento rápido e triagem. Ou até mesmo usar as cadeiras escolares e arrumar um lugar adequado para que as pessoas pudessem esperar de forma digna, sentados.

Só lembrando que e para as pessoas sentarem para esperar o atendimento, mais esse atendimento não pode demorar uma manhã toda para acontecer. Ai faço a pergunta mais uma vez, cadê os fiscais do povo, “vereadores e judiciário”.

Por isso volto a dizer que a saúde nunca esteve preparada para caso nenhum referente a atendimento das pessoas, pois uma cidade deste tamanho não ter hoje capacidade para atender ou internar 50 pessoas.

Ai querem colocar a culpa apenas na população, a população e vítima de tudo isso que vem acontecendo em Barra do Garças e em todo o Brasil. Pois a população luta para investir em seus comércios, em seus funcionários. O povo e fiscalizado o tempo todo, 24 horas por dia. Mais quem deveria fiscalizar o dinheiro público para ser investido de forma correta. Cadê os vereadores, deputados, e o judiciário. Vamos parar de querer achar que o povo e besta. Que apenas a classe trabalhadora tem que pagar pelos erros de má administração pública.

D TARTAS