Prefeito de Querência, Fernando Gorgen coloca deputado Dr. Eugênio em saia justa

Prefeito de Querência, Fernando Gorgen coloca deputado Dr. Eugênio em saia justa

Em áudio divulgado nas redes sociais, o gestor afirma que leitos de UTI foram conquistados através da força tarefa do município junto com o governo estadual

Da Redação | João Pedro Donadel e Emily Tinan

Reprodução

O prefeito de Querência, Fernando Gorgen (DEM) desmentiu qualquer articulação feita por parte do deputado estadual Dr. Eugênio (PSB) na habilitação dos sete leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o município. A declaração foi feita após uma matéria publicada pelo portal Jornal da Notícia na última quinta-feira (22), onde foi dito que a aquisição contou com parceria do deputado. (veja vídeo no final da matéria)

O executivo garante que esses leitos foram construídos através da força tarefa realizada pelos produtores rurais e empresários do município, juntamente com o poder público municipal de Querência e a habilitação dos leitos é um compromisso firmado pelo governador Mauro Mendes (DEM) com a cidade “não tem politicagem de deputado nessas aquisições”, reforçou Gorgen. 

Conforme o secretário de Administração, Valdenício Anjos da Silva (Vavá), o município possui 10 leitos de UTI, onde sete já estão habilitados e os outros três devem ser em breve. Os leitos estão sendo administrados por uma empresa particular, mediante um processo licitatório realizado pelo município. O convênio é uma parceria do município com o Estado de Mato Grosso e Governo Federal.

A maioria dos equipamentos das UTI’s foram comprados pelo município. O governador Mauro Mendes (DEM) também garantiu 10 respiradores com auxílio do secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, onde foi realizado um remanejamento de verbas para atender o município. 

As sete novas vagas integram os 615 leitos de Terapia Intensiva do Sistema Único de Saúde (SUS), que estão em funcionamento em Mato Grosso, com 93% de ocupação. Essas ampliações fazem parte do pacote de enfrentamento à Covid-19, anunciado em março pelo Governo de Mato Grosso. O trabalho da gestão estadual faz parte de uma força-tarefa, junto aos Poderes e municípios, para garantir o atendimento à população e salvar vidas. O Governo de Mato Grosso anunciou a ampliação de 160 leitos de Terapia Intensiva em 14 municípios do estado.

A ação custará cerca de R$ 9 milhões por mês à gestão estadual e contempla hospitais estaduais e municipais. Somente entre março e abril, foram abertas cerca de 104 novas vagas de UTI. A gestão da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informa que as ampliações consideram as propostas encaminhadas oficialmente pelas prefeituras ao Governo do Estado.

Reportagem tentou contato com o deputado Dr. Eugênio via assessoria que informou que o mesmo estava em viagem pelo interior do Estado.

admin