Policial Militar é morto a facadas após atirar em donos de hotel

Policial Militar é morto a facadas após atirar em donos de hotel

Fonte: Mais Goiás 

Um soldado da Polícia Militar de Goiás foi esfaqueado e morto na madrugada de quinta-feira (26/8) após balear dois irmãos que são proprietários de um hotel em Aparecida do Rio Doce, cidade distante 301 quilômetros de Goiânia-GO. O revólver de Mikail Kennedy Fabiano França, que tinha 29 anos, sumiu durante a confusão.

Em depoimento prestado aos policiais que atenderam a ocorrência, um dos baleados contou que a recepcionista do hotel ligou para o irmão dele e contou que um homem armado havia invadido o estabelecimento, e estava entrando em todos os quartos à procura de sua esposa. Quando chegaram no hotel, ele e o irmão foram recebidos a tiros pelo homem, que, descobriram posteriormente, era policial militar.

Um dos donos, baleado no ombro, foi socorrido, e não corre risco de morte, mas o irmão dele, atingido com um tiro na barriga, e outro na perna, está internado em estado grave, no Hospital Estadual de Santa Helena de Goiás. Ferido com golpes de faca na cabeça, abdômen, e nas costas, o policial militar chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Tanto a recepcionista, como o dono do hotel que conseguiu prestar depoimento, afirmaram que não sabem quem teria esfaqueado o militar, e também disseram não ter visto a pessoa que furtou o revólver dele. No momento da confusão, relataram, vários hóspedes que estavam no hotel saíram correndo dos quartos.

Soldado da ativa, Mikail Kennedy Fabiano França estava lotado atualmente no 15º BPM, em Jataí. A esposa dele, localizada na casa do casal, contou que, após uma discussão, o marido saiu dizendo que iria embora. O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil.

admin